terça-feira, novembro 22, 2011

Fórmula de sucesso no WT


Gabs got it!

Gabriel Medina mal chegou ao tour e, virtudes indiscutíveis à parte, já ganhou um pré-requisito básico para pretendentes a mito: um apelido em inglês com duas sílabas. Fundamental para locutores empolgados pronunciarem em volume crescente, intercalado com expressões tipo going mental, to town, bezerk, raising the bar, throwing caution to the wind, setting the scale, putting the pressure on the judges and so on.

Parko, Kerzy, Wilko, Jules, Ace, Simpo, Davo, Damo, a velha técnica do nome curto fácil pra cachorro funciona bem nas transmissões, e quem sabe no subconsciente da equipe técnica. Que o digam Occy, Elko, Domma, Pottz, Rabbit e outros do passado. Alguns nem precisam apelido - Kelly, Mick, Andy, Dusty, Taj, Bruce, com nomes assim é fácil ficar caricato.

Gabs, dito pelo próprio KS e reforçado pelo 'Medina Airlines' de T-Knox (complemento a la 'The Lightning' do Mick), está bem encaminhado nesse quesito.

Mas os demais brazos tem que correr atrás. O tuiteiro Mineiro (todos são hoje em dia) até tem dado uma força com 'Jaddy', porém ainda não colou. E pensando bem...

Enquanto o pessoal que toca o circo não seguir o sábio conselho que rola por aí - fãs do surfe, aprendam português - fica aqui uma tentativa singela de ajudar Solzy, Monty, Meagle, Tory e Alley. Ride the foamball in Pipe and God bless you guys!

1 Comentários:

trombonedevara disse...

Gosto de usar Jd pro Jadson, nao inventei, vi num forum gringo, quando o Jd tava na boca da galera (pos vitoria na Vila)

E o Madina, funky cold, Gabs alem do apelido tem surf que meche com o subconciente tb, hehe.

Um cara que precisa de apelido é o Jano Belo. Toda vez que os comentaristas gringos falavam ou tentavam falar seu nome a transmissao as vezes até trava!

Essa do "jady" eu nunca tinha escutado. Ta mais pra nome de acompanhante de executivo...

valeu
aloha