quinta-feira, dezembro 27, 2007

1965 - World Championship Event

World Championship Event
Campeonato Mundial Tabla Hawaiiana
Local: Punta Rocas, Peru

Resultado Ondas Grandes
1º. Felipe Pomar (PER)
2º. Nat Young (AUS)
3º. Paul Strauch (HAW)
4º. Mickey Munoz (EUA)
5º. Mike Doyle (EUA)
5º. Fred Hemmings (HAW)
7º. George Downing (HAW)
8º. Ken Adler (AUS)

Classificados nas semifinais: 1. Paul Strauch, Mike Doyle, Nat Young, Felipe Pomar; 2. Fred Hemmings, George Downing, Ken Adler, Mickey Munoz.

Resultado Ondas Pequenas
1º. Paul Strauch (HAW)
2º. David Nuuhiwa (EUA)
3º. Nat Young (AUS)

Semifinais: David Nuuhiwa d. Nat Young, ...

Resultado Prova de Remada (5 milhas)
1º. Nat Young, Felipe Pomar, Peter Troy


Informações complementares:
A competição de ondas grandes foi finalizada em ondas de 10 pés, diante de um público estimado em 2 mil pessoas. Competiram 45 surfistas. O evento teve patrocínio da Coca Cola (pela primeira vez) e foi transmitido pela televisão pela NBC. Segundo Fred Hemmings, Mickey Munoz surfou a maior onda do dia final. A final teve oito competidores.
A competição de ondas pequenas foi realizada em um beach break em frente ao Clube Waikiki, com mar liso, sem vento.
Foi a primeira participação de Nat em uma competição internacional. Segundo sua biografia, "a competição de ondas grandes era a disputa oficial pelo título mundial (...) mas foi na de ondas pequenas que o surfe progressivo realmente aconteceu". Ele usou uma 10'6 para as ondas menores, "cópia da que Mike Doyle usou no mundial na Austrália".
Mike Doyle e Linda Merrill venceram a categoria Tandem.
Os surfistas peruanos mantinham na época o Clube Waikiki de Tabla Havaiana. Na festa de premiação. Nat Young ficou embriagado e não conseguiu subir ao palco quando chamado; Buffalo Keaulana carregou-o nos ombros e declarou ao microfone que "Nat, he a liddle bit fuckdup jus now. He wud like say 'Aloha'".
O encontro oficial da International Surfers Federation aconteceu no Clube Waikiki, após o evento, para decidir a sede do próximo. O debate esquentou entre havaianos (liderados por George Downing) e peruanos (por Eduardo Arena), mas foi pacificado por Buffalo Keaulana, que começou a tocar ukulele e cantar Pearly Shells - após alguma resistência, todos aderiram.

Fontes: "Nat's Nat and That'a That, a surfing legend", de Nat Young.
Surfa.com.au / Legendary Surfers (ampla reportagem com trechos do diário de Fred Hemmings)/ Surfresearch / Waves / Entrevista com Felipe Pomar em OlasPeru

Mais: Todos os eventos cadastrados de 1965
Todos os campeões mundiais