segunda-feira, julho 02, 2012

As três edições do WT em G-Land

A entrada de GLand no tour, em 1995, é geralmente associada ao conceito de Dream Tour - naquela época começou a ser vendida a imagem de "melhores surfistas nas melhores ondas do mundo", um tanto arranhada pela amarelada em Cloudbreak este ano.

A breve mas feliz passagem da ASP por Gradjagan, em Java, foi mesmo um divisor de águas no tour. Todas tiveram ondas espetaculares e dezenas de notas dez - a primeira edição teve quase vinte, o que dá uma noção; hoje em dia poucas etapas alcançam três notas perfeitas.

Porém na época contavam as quatro melhores notas de cada competidor, em vez de duas. É provável que os juízes fossem mais generosos.

A Quiksilver bancou três etapas do WT em GLand entre 1995 e 1997, com três vencedores diferentes. Não houve nem finalistas repetidos. Mas os norte-americanos em especial fizeram a festa, com destaque para Kelly Slater, que ficou fora do pódio somente na última - barrado nas oitavas por Luke Egan, a caminho de sua primeira vitória no tour (de apenas duas).

Os brasileiros chegaram sempre às quartas-de-final, mas não passaram: Jojó de Olivença e Renan Rocha em 1995, Peterson Rosa em 1996, Flávio Padaratz em 1997.

Dificuldades logísticas e alto custo acabaram por inviabilizar o evento, que alguns anos depois seria definitivamente substituído no calendário por similares como Teahupoo e Cloudbreak. Vale lembrar que naquela época não havia webcast, e o acesso a fotos e filmagens dos eventos (ou mesmo relatos) era bem mais restrito.

Trabalhando na revista Inside no período, lembro da cobertura das duas primeiras edições: a primeira (n. 84, setembro/1995) teve muitas fotos de Jason Childs e Pete Frieden, incluindo a capa com o Teco Padaratz, mas pouca informação; e a segunda (n. 93, agosto/1996) quase nenhuma foto, mas extenso relato do misterioso Arabesco Ducal, nosso repórter in loco.

É de se perguntar quem detêm os direitos de imagem pelos vídeos desses campeonatos, e quando ou o que pretende fazer com eles. Devem ser espetaculares.

Será que a turma do The Search não pensa em voltar lá?

1995 Kelly Slater (EUA)/Jeff Booth (EUA)
1996 Shane Beschen (EUA)/Gary Elkerton (AUS)
1997 Luke Egan (AUS)/Chris Gallagher (EUA)

1 Comentários:

Surfocrata disse...

Grande post! Esses tempos também fiquei saudoso desses eventos e escrevi umas bobagens no meu blog, oportunidade em que achei diversos videos desses campeonatos, na real a quick lançou um filme para cada evento, inclusive para aquele de 98 que foi cancelado, com cenas espetaculares do Renan Rocha e do Peterson em G Land. Pena que foram retirados pelo usuário...sorte de quem baixou pelo realplayer...abç.